5 DICAS PARA TIRAR SUA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DO VERMELHO: - Odonto Finanças
Blog
Gestão Financeira
29
Jan
2020
5 DICAS PARA TIRAR SUA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DO VERMELHO:

5 DICAS PARA TIRAR SUA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DO VERMELHO:

Quando as coisas não saem da forma que planejamos, e tudo parece estar indo mal, é necessário confiança e disciplina para superar as dificuldades.

Foi pensando nisto, que criamos um conjunto de 5 dicas para ajudar você a superar os momentos difíceis e evoluir a gestão da sua clínica odontológica!

1 – Identifique o que levou sua clínica a ficar no vermelho e defina qual é sua situação atual:

O primeiro passo para resolver qualquer problema é identificar a sua causa. Descubra o que levou sua clínica odontológica para esta situação díficil e corrija os problemas o mais rápido possível. Sua clínica odontológica pode estar passando por um momento de queda na receita, ou os seus custos aumentaram muito, etc., independentemente da causa, você só poderá atacar o problema se souber qual é este problema. Depois faça um rigoroso levantamento da sua situação atual. Se houver dívidas, saiba exatamente por que você deve e qual o valor da dívida. Conhecendo as causas dos problemas e a sua situação atual, você estará pronto para estabelecer a estratégia que irá te tirar do vermelho.

2 – Controle suas despesas com rigor;

Em seguida analise rigorosamente seus custos da sua clínica odontológica e saiba que sempre podemos reduzi-los! Procure por produtos ou serviços similares e que tenham um custo mais baixo, analise seu pacote de internet, seu pacote de telefonia, seu fornecedor de material de escritório, seu laboratório de próteses, etc e veja se é possivél subistitui-los por outro serviços similares e que tenham um custo mais baixo. Nunca se esqueça das despesas menores! Não é só porque a despesa é pequena que ela não deve ser considerada, as vezes a soma destas pequenas contas fazem uma diferença enorme. Negocie com estes fornecedores melhores preços, prazos maiores para pagamento.

3 – Concilie suas receitas com suas despesas;

Não é raro encontrar clínicas odontológicas no vermelho, cuja causa desta situação tenha sido um descompasso entre a entrada das receitas e o pagamento das despesas. A empresa começa a vender com prazos cada vez maiores e isto pode comprometer o caixa, ou seja, começa a existir uma necessidade de capital de giro. Saiba que sempre que vendemos a prazo e principalmente se estes prazos forem longos, vamos demorar mais a ter estes recursos disponíveis para usa-los. É fundamental então, ter disponível uma reserva, (o capital de giro) suficiente para pagarmos nossas despesas até que os recursos das vendas a prazo estejam disponíveis.

Outra alternativa é negociarmos prazos maiores com nossos fornecedores para o pagamento das despesas da clínica, assim, conciliamos o prazo que vamos receber nossas vendas a prazo com os prazos de pagamento das nossas despesas.

4 – Renegocie suas dívidas;

Tudo certo até aqui, chegou a hora de renegociar suas dívidas. Porém, antes de iniciar a negociação destas dívidas, esteja certo de ter solucionado os problemas que o levaram a contraí-las, pois caso contrário, isto vai virar uma bola de neve.

Busque linhas de créditos com juros menores dos que você está pagando atualmente e estabeleça um valor de parcela que você consiga pagar. Aumentar o prazo de pagamento da dívida vai fazer com que as parcelar fiquem menores, o que pode aliviar a situação atual.

5 – Melhore sua gestão financeira:

Uma gestão financeira odontológica eficiente pode te ajudar a prever os problemas financeiros e te dar condição de soluciona-los, antes que a situação fique crítica!

O acompanhamento mensal das contas a receber e das contas a pagar, pode te alertar sobre a necessidade de capital de giro com uma antecedência suficiente para que você possa tomar as medidas necessárias com tranquilidade. O acompanhamento mensal das despesas possibilita o melhor controle quando umas destas despesas começa a subir muito. Além disto, possibilita o acesso de vários índices como rentabilidade, taxa de retorno, índice de endividamento, ponto de equilíbrio, margem de segurança, etc.

Fases ruins sempre vão existir e para passar por elas é preciso manter o foco e se reinventar na odontologia. Hoje, mais que nunca, deve-se ir em busca de formas mais modernas e eficientes para gerir sua clínica odontológica.

ODONTO FINANÇAS

Comente essa publicação

Fale conosco